Quero aproveitar o momento que estamos iniciando o Blog e trazer para todos um assunto mais do que importante. Neste post, que será um pouco mais técnico, quero tentar, de uma maneira mais simples, explicar para mamães, papais, familiares e amigos o que é a Síndrome de Down.

Tecnicamente falando, é uma alteração genética em que as pessoas apresentam três cromossomos 21 (trissomia do 21). As pessoas com Síndrome de Down possuem 47 cromossomos, diferente da maioria que possue apenas 46. Por isso não se deve falar em doença, pois isso é uma condição inerente da pessoa.

Não é culpa da mamãe, nem do papai e nem de ninguém. Isso acontece porque durante o momento da divisão celular (meiose) ocorre um erro na separação dos cromossomos 21.

Para se ter uma ideia do que seria, tem um video explicativo que pode ser assistido aqui.

Existem 3 tipos de alterações cromossômicas que podem estar envolvidas com a Síndrome de Down: Trissomia livre ou simples, Translocação ou Mosaicismo.

Maiores informações vocês podem verificar neste link.

As pessoas com Síndrome de Down possuem características físicas muito parecidas como: cabelos lisos e finos, olhos puxados, orelhas pequenas, céu da boca mais encurvado e com menor número de dentes, linha única na mão, maior dobra no quinto dedo da mão, separação grande entre o primeiro e segundo dedos dos pés, nariz pequeno e musculatura mais flácida (chamado hipotonia muscular). Existem outras características como maior propensão para algumas doenças e deficiência intelectual.

Mas lembrem-se que tudo isso depende muito do estímulo que esta pessoa receberá, pois toda pessoa com Síndrome de Down é capaz de fazer tudo, apenas levará um tempo um pouco maior para alcançar seus objetivos.

A família e o amor que eles recebem é essencial para o seu desenvolvimento.

Eles são capazes de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar. Poderão ler e escrever, deverão frequentar a escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, eles poderão ocupar um lugar próprio e digno na sociedade. Vocês podem ter maiores informações com um vídeo, que pode ser assistido aqui.

Hoje já temos profissionais em diversas áreas como Jornalistas, Professores, Bailarinas, Empresários etc. Basta vocês acreditarem que seus filhos são capazes e acima de tudo incentivá-los a isso.

Na atualidade, temos muitos recursos que antigamente não existiam e por isso precisamos usufruir desses benefícios para auxiliar nossas crianças a se desenvolverem e serem felizes!

Acredito em minha filha, acredito que ela fará tudo o que quiser fazer e me trará muitas alegrias, pois a cada dia é o que vivo com ela: AMOR e ALEGRIA.

Espero que aproveitem o post, se tiverem dúvidas, estaremos aqui para ajudá-los, já que sempre estamos contando com apoio de vários profissionais da área, como neste que contém com a ajuda da Geneticista da Unicamp Dra. Carmen Silvia Bertuzzoe, mãe do Rodrigo, de 30 anos, com Síndrome de Down.