O que podemos fazer para ajudar nossos filhos no desenvolvimento e na independência? Tudo aquilo que eu pesquisava e escutava de outras famílias e terapeutas, sempre tentava colocar em prática para poder trabalhar com a Melissa e ela poder ter uma vida independente no futuro.

Apesar de escutar os profissionais, muitas coisas, como mencionei em alguns outros posts, não levo tão a ferro e fogo ou tento fazer tudo, como por exemplo a alimentação.

O que eu tinha em mente era montar um quarto Montessoriano para que a Mel pudesse ter a independência em buscar todos os objetivos e poder trabalhar suas atividades de forma mais independente.

Uma coisa muito importante que todos precisam saber é que, com um quartinho desses, a organização é essencial e a criança tem que entender que depois que terminar de brincar precisa guardar... Fazemos isso sempre com a Mel... quando ela enjoa de um brinquedo e vai buscar outro, pedimos que ela guarde o que não vai mais usar para poder pegar outro.

Não pensem que fizemos do dia pra noite não rsrs, fomos montando aos poucos, demoramos cerca de 2 meses para terminá-lo. Montamos na casa de minha mãe, avó da Melissa, onde ela passa a maior parte do tempo, já que nós papais trabalhamos fora. A Melissa vai à escola no período da manhã e as tardes passa na casa da vovó e realiza suas terapias.

A Melissa amou e brinca demais no seu quartinho.

Montando um quartinho prático

Montando um quartinho prático

Segue um vídeo para vocês verem como ficou (na época.... hoje já está mais diferente rsrs) e quem sabe inspirá-los em algumas idéias... Lembrem-se que este quarto foi pensado na Melissa que já estava com quase 2 anos quando fizemos... quando vocês estão montando para bebês algumas outras idéias são muito válidas como espelhos, barras para ajudar a levantarem e se sustentarem em pé etc...

 

Atualmente o que tem de diferente é que adicionamos uma mesinha com cadeiras para que ela realize suas atividades sentada e concentrada em um único local para desenhar, pintar e fazer outras atividades junto às terapeutas.