Bom dia pessoal, como vocês estão?

Hoje queria compartilhar com vocês como foi a semana de intensivão que tivemos com as criadoras do método @Multigestos, Cinthia Azevedo (Fonoaudióloga) e Letícia Silva (Fonoaudióloga e Psicopedagoga).

Bem, o intuito deste intensivão foi para dar uma guinada ainda maior na fala da Melissa (pois vocês já sabem que a Melissa deslanchou no ano de 2020 utilizando esse método) e também para iniciarmos este trabalho mais forte na parte da Alfabetização, já que a Melissa este ano entrou no Ensino Fundamental (1º ano escolar).

Hoje vou abordar o que fizemos durante a semana no processo da fala.

Como a Melissa já conseguiu abranger um pouco mais o seu vocabulário, identificamos que um dos processos falhos que ela tem é esse acesso rápido ao léxico. O que seria isso? No caso, com a apraxia de fala, isso fica ainda mais difícil, mas nada que não dê para ser trabalhado. De uma forma mais lúdica vou tentar explicar...

Digamos que nossa cabeça seja um armário com diversas gavetas e cada gaveta seja um arquivo. Temos um braço de busca, abertura desse armário e entrega dessa informação para a porta (verbalização).

E existe outro braço que seria a busca apenas visual onde conseguimos fazer a identificação sem verbalização.

No caso o primeiro braço da Melissa é que esta falho.

Vou dar um exemplo aqui para vocês entenderem. Quando colocar uma imagem para ela que ela não tenha trabalhado muito, ela terá dificuldade em nomear, porque esse braço está demorando para buscar no arquivo o nome dele. Porém quando apresentamos várias imagens e falamos para ela: Melissa me dá a maçã, me dá a pêra, me dá o armário... ela vai me entregar todos corretamente sem problemas algum.

Bem, visto esta falha, trabalhamos muito durante a semana a Nomeação rápida, para que isso? Nosso cérebro precisa ser trabalhado, como nossos músculos, então a idéia dessa nomeação rápida é justamente ela conseguir buscar na memória dela, de forma mais rápida e automática, as palavras e conseguir verbalizar. 

Trabalho iniciado com 3 figuras, depois fomos aumentando a quantidade das figuras e tentando usar primeiramente figuras que ela dava conta de falar. No final da semana estávamos com uma mesa com 15 figuras.

O outro trabalho que fizemos é a parte de estimulação de fala, elaborando frases através de um livro. Utilizamos um livro da Rita Sapeca e ela precisava contar o que estava acontecendo no livro. Então através das imagens ela precisava interpretar o que estava acontecendo e contar. Objetivo era ela criar frases e não apenas palavras. 

Este trabalho iniciamos na terça-feira (segundo dia de atendimento) e na quinta-feira tínhamos apenas conquistado o trabalho de apenas 5 páginas. Esse livro era extenso um pouco mais de 10 páginas. Mas, por incrível que pareça, na sexta-feira ela estava colarobarando tanto, se empenhando e fazendo todas as atividades de forma tão produtiva que conseguimos finalizar esse livro. SUPER CONQUISTA!!!!

E aí, vamos lá para o vídeo ver alguns momentos dessa semana?

Bem pessoal, espero que vocês tenham gostado, que possam aplicar de forma lúdica também com suas crianças e que eu sempre possa dividir com vocês todos os meus aprendizados junto à Melissa.

Um grande abraço a todos e até semana que vem!