Bom dia pessoal! Tudo bem com vocês?

Em todos os cursos que tenho feito sobre educação, consciência fonológica, desenvolvimento de estratégias matemáticas, entre outros, todos falam da necessidade de se trabalhar com a criança pelo menos 10 minutos por dia para que esse aprendizado seja fixado.

Como vocês sabem, quem tem Síndrome de Down, um dos dons mais aguçados é o visual. Então precisamos trabalhar usando esse ponto forte.

Hoje queria mostrar para vocês um trabalho que fizemos de Consciência Fonológica (lembre-se que para trabalhar a consciência fonológica, você não pode ter a palavra escrita, ok?) usando o material da Oficina da Linguagem. 

Esse material eu tinha comprado em um curso que fiz em 2016, justamente pensando no futuro da Melissa e que eu poderia usá-lo no momento em que ela estivesse iniciando o processo de Alfabetização.

Bem, o momento chegou... querem ver?

E aí pessoal, gostaram?

Esse material achei demais! Ele não somente trabalha som inicial da palavra, mas também o som contido na palavra, como por exemplo: saiu a letra T, e a palavra seria PATO. Não é o som inicial, porém o som da letra dentro da palavra. Então existem diversas formas de se trabalhar a consciência fonológica e esse material será de grande valia para esse processo.

Espero que tenham gostado, um grande abraço e até semana que vem!