Bom dia pessoal!!! Quem disse que uma mãe não sofre de coração??? Rsrs Bem, acho que ainda não encontrei uma mãe ou um pai que não passou um aperto...

Eram férias escolares. Esse período é uma maratona para os pais, pois precisamos ter energia, tempo, criatividade e muita paciência, afinal de contas, a energia das crianças ultrapassa qualquer limite rsrs

No dia 16 de Julho, logo cedo, fui levar o lixo reciclável para fora. Melzinha sempre quer me ajudar, mas estava friozinho e ela ainda estava de pijama... Então eu disse para ela esperar que seria coisa rápida. Eu não a vi e quando fui fechar a porta ela colocou a mãozinha...

Morri né gente?! Fiquei me sentindo super culpada, mas são coisas que acontecem... Logo passou...

Coração de mãe tem que ser forte?   

Coração de mãe tem que ser forte?   

 

Vocês acham que foi apenas isso?1?!

Acho que esse dia estava já programado para teste cardíaco rsrs... Recebi uma ligação no celular próximo do horário de almoço. Eric tinha acabado de dormir e estava no bercinho. Eu e a Mel estávamos brincando, foi quando levantei para atender. Gente, questão de segundos... Minha conversa no celular não durou 5 minutos, sem brincadeira...

No final da ligação eu só escutava a pequena me chamando: Mamãe! Mamãe!

Na minha cabeça eu já tinha algo: "quer ver que ela está dentro da banheira e não consegue sair?" Isso porque já aconteceu uma vez. Ela entrou na banheira e não conseguia sair rsrs

Bem, desliguei o telefone e fui até o banheiro... COMO ASSIM?! A porta estava trancada!!! Meu coração começou a palpitar demais! Mil coisas se passaram na minha cabeça, inclusive como eu poderia entrar no banheiro...

Meu primeiro pensamento foi: vou chutar e arrebentar a porta kkkk, mas aí refleti e achei melhor não, porque ela poderia estar atrás e se machucar...

Então pensei: vou pular a janela. Mas como??? Estava trancada pelo lado de dentro por conta do frio que está fazendo de noite.

Coração de mãe tem que ser forte?   

Respirei muito fundo... comecei a conversar com ela e dar uns tapinhas na porta na direção da maçaneta, para que ela conseguisse entender que eu estava me referindo àquilo.

“Melzinha, filha, gira a chavinha de novo, do outro lado... vamos abrir a porta...”

Foi aí que escutei que ela estava mexendo na chave e eu continuei...

“Isso filha, gira a chavinha para abrir a porta”

E TCHUM!!! ABRIU!!!

Ela conseguiu fazer numa tranquilidade, algo super simples e com carinha de sapeca...

O alívio imediato veio, mas eu falei: agora vou arrancar essa chave daqui! Bem, o trinco é antigo e a chave é aquela que fica grudada, não sai... Conclusão: arranquei tudo kkk, agora fica assim, porque não dá pra arriscar rsrs

Coração de mãe tem que ser forte?   

Coração de mãe tem que ser forte?   

A verdade é que nós nunca estamos totalmente preparadas para que nada aconteça com nossos filhos rsrs, então vamos nos preparando a cada incidente rsrs

Ótima semana a todos pessoal, e mantenham seus exames cardíacos em ordem rsrs